segunda-feira, 2 de maio de 2016

O ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon, anunciou nesta segunda-feira que o país tem a intenção de reabrir a passagem de Erez para o trânsito de mercadorias em Gaza, com o objetivo de reduzir a quantidade de caminhões que estão circulando pela região sul. O anúncio, que foi divulgado pela rádio pública de Israel, ocorreu por causa das insistentes queixas da população ao redor de Gaza sobre o crescente número de caminhões e de outros veículos pesados que transitam pela estreita estrada que circula a Faixa. Há alguns anos, por causa de sucessivos ataques e disparos de foguetes contra outras passagens fronteiriças no norte da Faixa, Gaza só é abastecida pela passagem de Kerem Shalom, na triplo fronteira com Israel e Egito.



UOLEconomia




Israel anuncia que reabrirá passagem de Erez para mercadorias de Gaza

EFE
Jerusalém, 2 mai (EFE).- O ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon, anunciou nesta segunda-feira que o país tem a intenção de reabrir a passagem de Erez para o trânsito de mercadorias em Gaza, com o objetivo de reduzir a quantidade de caminhões que estão circulando pela região sul.

O anúncio, que foi divulgado pela rádio pública de Israel, ocorreu por causa das insistentes queixas da população ao redor de Gaza sobre o crescente número de caminhões e de outros veículos pesados que transitam pela estreita estrada que circula a Faixa.

Há alguns anos, por causa de sucessivos ataques e disparos de foguetes contra outras passagens fronteiriças no norte da Faixa, Gaza só é abastecida pela passagem de Kerem Shalom, na triplo fronteira com Israel e Egito.

O fechamento da passagem amplia a viagem dos caminhões em cerca de 50 quilômetros. Além disso, eles devem percorrer uma estrada interurbana que corta povoados rurais da região.

Fontes de segurança citadas pela emissora não souberam dizer quando a passagem de Erez será aberta. Atualmente, só é permitido o trânsito de pessoas no local.


Giro UOL

Quer receber um boletim com os destaques da manhã e da noite? É só deixar seu e-mail e pronto!

    Ver UOL Economia em: Celular - Web