quarta-feira, 29 de junho de 2016

O POVO TURCO TEM QUE FAZER SUAS ESCOLHAS COM SENSATEZ: VIRAR ESCRAVOS DEFINITIVOS DO TERROR OU SE ALIAR DE VERDADE ÀS DEMOCRACIAS DO MUNDO LIVRE?


Amigo de Israel

Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo! Isaías 5:20

quarta-feira, 29 de junho de 2016

ISIS - Turquia criou o Monstro

Sem a Turquia, o ISIS não existiria 


Ancara sempre apoiou economicamente e militarmente o Estado islâmico. A evidência hoje é inegável.

No Afeganistão, os talibantinham o apoio oculto do Paquistão; na Síria e no Iraque, o ISIS/Estado Islâmico/Daech tem tido o da Turquia. Em ambos os casos, um dos principais aliados da coligação formada para lutar contra os islamitas jogou e joga um jogo duplo.

Daily Mail  foi dos poucos jornais que divulgou o financiamento doISIS pela Turquia.Outros líderes terroristas foram abatidos pelas forças aliadas.

A prova do jogo duplo de Ankara foi revelada durante o ataque contra Abu Sayyaf, na Síria, em Maio, 

Passaportes de terroristas do ISIS com carimbo de Istambul, Turquia!

Abu Sayyaf, que foi morto durante o ataque, foi um dos principais líderes do Estado Islâmico e de alguma forma o seu ministro das Finanças. Os documentos encontrados durante a operação mostram claramente que ele estava directamente relacionado com funcionários turcos, diz oGuardian.

Instalações abandonadas pelos terroristas do ISIS/Estado Islâmico, no norte da Síria.


Abu Sayyaf tinha uma responsabilidade especial noDaech/ISIS/Estado Islâmico, que consistia venda de petróleo e gás 
no mercado negro
Documentos e discos rígidos de computadores apreendidos no ataque revelam como"claras" e "inegáveis" as ligações entre a Turquia e oDaech e isso pode ter profundas consequências para as relações entre Ancara e seus aliados ocidentais.
Documentos abandonados pelos terroristas.
 

Isto provavelmente explica a decisão finalmente tomada pela Turquia, de lançar ataques contra o Daech, embora a sua intervenção militar seja dirigido principalmente contra os curdos... que lutam contra o Daech. "Os turcos não mudaram a sua mentalidade, é simplesmente uma reação à pressão dos norte-americanos e outros", disse um diplomata aoGuardian. 

"A Turquia criou um monstro"


Membro da NATO, a Turquia tem sido de há muito acusada por especialistas curdos, e até mesmo pelo vice-presidente dos EUA, Joe Biden, pelo que era então considerado umagaffe diplomática: não fazer nada para impedir o fornecimento de armas e combatentes voluntários aoDaech através da fronteira com a Síria.


Mas a cumplicidade e a colaboração atingiu níveis muito mais elevados e nunca antes imaginados. Em Novembro de 2014, um veterano da Daech explicou que o Estado Islâmico considera a Turquia como um aliado:

    "Os comandantes do Daech disseram-nos que não temos nada a temer, porque a cooperação com os turcos é completa ...

    O Daech considera o exército turco como seu aliado, especialmente quando se trata de atacar os curdos na Síria".


A Turquia denunciou-se.Como foi explicado por um diplomata ocidental ao Wall Street Journal no início deste ano:

    "A Turquia criou um monstro e não sabe como se livrar dele."

Essa protecção ao ISIS é motivada pela luta contra os curdos e o medo de um Curdistão independente.


Capa de um folheto de propaganda anti-Assad impresso na Turquia para o ISIS.


Texto: SLATE


Vamos no 24º dia do Ramadão.  A Religião da Pazrealizou 181 ataquesmatou 1294 pessoas e deixouincontáveis feridos, mutilados e outras desgraças.
No mesmo período, e este ano, esta década e este milénio, nenhuma outra religião a não ser a da Paz matou ninguém.
Neste mês de Maio, a Religião da Paz já realizou 231 ataquesem 31 países (ontem na Turquia foram mais 50 pelos ares) matou 1883 pessoas, causou 2206 feridos54 ataques foram por bombistas suicidas.


Todos vimos ontem à noite, este monstro, já atingido, depois de metralhar inocentes, a rabiar, no chão, para se fazer explodir e matar mais alguns. MILHARES destes indivíduos estão na Europa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.