segunda-feira, 27 de junho de 2016

Parabéns Israel e Turquia. Parabéns Netanyahu por manter o Bloqueio Naval. Toda ajuda humanitária que na realidade nunca foi impedida por Israel pode ocorrer sobre total vigilância e autoridade do Tsahal.

Israel e Turquia chegam a acordo de reconciliação após seis anos de desavenças

Os países haviam se desentendido em 2010, depois de um ataque israelense a um navio turco

 - ATUALIZADO EM 
Bandeiras de Israel e Turquia
Bandeiras de Israel e Turquia | Crédito: AP

Israel e Turquia anunciaram um acordo nesta segunda-feira para normalizar suas relações, após seis anos de desavenças devido ao ataque israelense a um navio turco que levava ajuda à Gaza, em 2010. Dez ativistas pró-palestinos da Turquia foram mortos na ocasião e, até o momento, Israel não havia se desculpado pelo ato. Antes do conflito diplomático, os países tinham fortes laços econômicos e militares.
O presidente turco, Tayyip Erdogan, descreveu o acordo como "um passo importante para aprimorar as condições humanitárias na Faixa de Gaza" e o primeiro-ministro do Estado judeu, Benjamin Netanyahu afirmou que a negociação irá fortalecer a economia israelense. Segundo autoridades dos dois países, a decisão foi tomada no último domingo, em Roma.
Leia também:
Como parte da retratação, Israel irá oferecer um "fundo humanitário" de 20 milhões de dólares (67,5 milhões de reais) às famílias dos turcos mortos no navio. O acordo, politicamente delicado para os dois países, pode abrir caminho para negociações de comercialização de gás e um alívio diplomático dos problemas turcos com a vizinha Síria e a Europa.
(Com agência Reuters)
Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados