segunda-feira, 17 de outubro de 2016

aBiblia.org e o Tetragramaton do Todo-Poderoso

Yehowah - Iehouah יהוה é a pronúncia adequada do Todo Poderoso na Torah (Pentateuco) e Tanach (Bíblia Hebraica). Todos nossos exemplares de Torah - fonte comum para todas crenças - lidos em hebraico com sinalização massoréticas são lidos gramaticalmente Iehovah e pela aplicação de propriedade vocálica ancestral da consoante vav como ''o'' ou ''u'', somado com  estrutura de nomes hebraicos biblicos é Iehouah, também escrito como Yehowah, Yehwah, Iehowah, Iehwah, Yehuah, Yehouah, IHVH, YHWH, O comentário de certa obra sobre essa pronúncia ser o emprego das vogais atribuídas á palavra Adonai não tem precedência ou autoridade no mundo judeu clássico embora isso não impeça alguns de nós de citar o mesmo assunto e decidir dar força ao mesmo. Iehouah já era de uso corrente antes da atividade massorética e também reflete a Torah transmitida liturgicamente e em comunidades por mais de 3.500 anos. Falo de som neste caso, não de escrita especificamente. Os judeus caraítas de língua inglesa e hispânica assumem na maioria uso aberto e sagrado da pronúncia Iehouah, o judaísmo rabínico evita sem exceção porém todas suas obras evidenciam ao estudioso monoteísta - como entendemos - o som iehovah e por compreensão do hebreu biblico Iehouah, entre as comunidades do judaísmo rabínico há por séculos e mesmo atualmente, pessoas e mestres ensinando aberta e respeitosamente o nome e som Iehouah (na sua maioria estudiosos independentes porém que aceitam a liderança rabínica). Os guardiões da Torah e das fontes hebraico-aramaica da Bíblia não costumam discutir aquilo que lhes recai como total responsabilidade, e que com efeito nenhuma outra comunidade em todas as épocas de tempo reúnem a mesma totalidade e intensidade informacional. Coerentemente até os argumentos que pareçam disparates quanto aos estudos judaicos de alguma forma dependem dos mesmos. A santidade e a discrição são mais importantes para todo rabinato e mestres aleatórios da Torah do que provar, exibir, forçar verdades. Suprimir crenças alheias é na vida dos outros também não aceitam. O salvacionismo não é percebido em sua maioria como na ótica cristã, muitos judeus, mesmo religiosos, sequer pensam em tais termos. Porém em tudo há exceções: poucos judeus apegados à Torah preferem o som Iahueh (Yahweh) e assim ensinam. Assim como haverá algum por Iahuah e Iehueh, Entendemos juntos que Iahu é completamente absurdo como opção, mais compreensível como fator humano. A preferência coletiva segue em Adonai e Hashem para evitar profanação.


UMA JANELA SOBRE O MUNDO BÍBLICO 
Gostaria de saber como os judeus pronunciam o nome do altíssimo, o tetragrama (YHWH). 



Gostaria de saber como os judeus pronunciam o nome do altíssimo, o tetragrama (YHWH).




Pergunta de Gleide Castro, Anápolis 
33270 
11/04/2012


30106


Gleide, os judeus não pronunciam o nome de Deus, o tetragrama. Em hebraico esse nome se escreve יהוה (he, waw, he, yod, que se leem da direita para a esquerda). A transliteração seria YHWH.

Os judeus consideram o nome divino tão sagrado a ponto que não devem pronunciá-lo. A pronúncia, por causa desse preceito, foi perdida e não se sabe como deve ser dito. É por isso que não é possível dar uma resposta a sua pergunta. Há algumas elucubrações, mas são buscas bastante inúteis, pois não respeitam a atitude religiosa do judaísmo.



O motivo pelo qual não podemos saber a pronúncia correta não é apenas pelo fato que os judeus não pronunciam esse nome, mas também por que o hebraico não usa vogais, sendo o alfabeto hebraico feito unicamente de consoantes. As vogais existem somente como sons. E, por causa do costume de não pronunciar esse nome, não sabemos quais vogais colocar entre uma consoante e outra.

É claro que os judeus leem a Bíblia e também eles se deparam com esse vocábulo. O que fazem quando encontram, lendo, essa palavra? Como pronunciam? Essa palavra, nas leituras e nas orações é substituída por nomes impessoais, como Adonai (Senhor) ou Elohim (Deuses). Fora do contexto litúrgico, usam também haShem, ou seja "o Nome".



YHWH na Bíblia

A Enciclopédia Judaica diz que o Tetragrama aparece 5.410 vezes na Bíblia, com a seguinte frequência nos livros conforme a divisão da Bíblia Hebraica: Gênesis 153, Êxodo 364; Levítico 285, Deuteronômio 230 (1.419 vezes na Torá/Pentateuco); Josué 170; Juízes 158, Samuel 423, Reis 467, Isaías 367, Jeremias 555, Ezequiel 211, Profetas menores 345 (2.696 vezes nos 'profetas'); Samos 645, Provérbios 87, Jó 31, Rute 16, Lamentações 32, Daniel 7, Esdras e Neemias 31, Crônicas 446 (1.295 vezes nos 'Escritos').

YHWH é a forma mais comum para indicar o nome de Deus, mas não é a única. Há alguns livros em que o tetragrama não aparece: Cântico dos Cânticos, Eclesiastes (Qoelet) e Ester. Em muitas passagens a Bíblia usa Elohim.



YHWH nas traduções

A atitude dos judeus representa uma dificuldade para os exegetas que desejam realizar uma tradução. A primeira tradução da Bíblia Hebraica, feita do hebraico para o grego ainda antes da vinda de Cristo, normalmente traduziu o tetragrama com o vocábulo grego Kyrios, que significa Senhor.



Para ver como se comportam os tradutores das edições em português, tomamos Isaías 61,1 onde o hebraico traz tanto o nome YHWH quanto ADONAI, termos que coloco abaixo entre parenteses
Almeida Corrigida Fiel (1995): O ESPÍRITO do Senhor DEUS (ADONAI YHWH) está sobre mim; porque o SENHOR (YHWH) me ungiu
Almeida Revista e Atualizada (1993): O Espírito do SENHOR Deus (ADONAI YHWH) está sobre mim, porque o SENHOR (YHWH) me ungiu 
Almeida Revista e Corrigida (1969): O Espírito do Senhor JEOVÁ (ADONAI YHWH) está sobre mim, porque o SENHOR (YHWH) me ungiu 
Almeida (1994): O espírito do Senhor DEUS (ADONAI YHWH) está sobre mim; porque o SENHOR (YHWH) me ungiu 
Nova Tradução na Linguagem de Hoje: O SENHOR Deus me deu o seu Espírito, pois ele me escolheu
Edição Pastoral: O Espírito do Senhor Javé (ADONAI YHWH) está sobre mim, porque Javé (YHWH) me ungiu. 
Ave Maria: O espírito do Senhor (ADONAI YHWH) repousa sobre mim, porque o Senho (YHWH) r consagrou-me pela unção; 
Bíblia de Jerusalém: O Espírito do Senhor Iahweh (ADONAI YHWH) está sobre mim porque Iahweh (YHWH) me ungiou;

Esta mesma passagem é retomada pelos Evangelhos e o texto diz " Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu". Nesse caso o grego, como a LXX, usa Kyrios



Possível significado de YHWH

Normalmente os que se aventuram numa interpretação dessa palavra se baseiam no texto de Êxodo 3, quando Moisés pergunta a Deus qual o seu nome. Deus, então lhe responde: (3,14) EU SOU QUEM SOU (em hebraico: Ehyeh asher Ehyeh). E disse ainda: — Você dirá o seguinte: “EU SOU (em hebraico Ehye) me enviou a vocês. (3,15) O SENHOR (YHWH), o Deus (ELOHIM) dos seus antepassados, o Deus (ELOHIM) de Abraão, o Deus (ELOHIM) de Isaque e o Deus (ELOHIM) de Jacó, me enviou a vocês. Este é o seu nome para sempre, e assim ele será lembrado por vocês em todos os tempos.”

A célebre Jewish Encyclopedia a propósito diz:

É possível determinar, com um bom grau de certeza, a pronúncia histórica do Tetragrama, e o resultado concorda com quanto traz Êxodo 3,14, onde a raiz verbal se revela como "Eu serei", uma frase que é imediatamente precedida pela afirmação completa "Eu serei aquilo que serei" ou "Eu sou aquilo que sou". O nome deriva da raiz do verbo ser e é visto como um imperfeito. Isto é importante para a pronúncia, pois a etimologia se baseia neste caso sobre uma palavra conhecida. Os exegetas mais antigos, como Onkelos, os targumim de Jerusalém e o Pseudo-Jônatas consideram Ehye e Ehyeh asher Ehyeh como o nome da Divindade e aceitam a etimologia de hayah, "ser".



Javé ou Jeová?

Mesmo se, considerando a posição hebraica, essa questão não devia nos incomodar, ela existe entre nós, pois muitos usam um ou outro termo. Sem dar uma resposta, exponho brevemente de onde vem os dois termos.
Javé, cuja forma complexa seria YAHWEH, é aquela com maior consenso entre os estudiosos. Há um testemunho, de Teodoreto, que transcrive, em grego (jabe) o modo como os samaritanos, por volta do ano 400 d.C., pronunciavam o nome divino. Também Clemente de Alexandria traz essa pronúncia, sublinhando que ela deriva da fonética do verbo "ser" em hebraico.
Jeová é a forma em portugués do hebraico יְהֹוָה que é a vocalização típica do tetragrama bíblico, no texto massorético da Bíblia Hebraica, ou seja, na versão em uso pelos judeus. Jeová, cuja forma complexa seria YEHOWAH, tem as 4 consoantes do tetragrama e as vogais, de modo símile, presentes na palavra ADONAI (Senhor), que é a palavra que os judeus pronunciam quando veem o Tetragrama, que, como dissemos acima, não pode ser pronunciado.


33270 visitas