domingo, 11 de dezembro de 2016

A equipa de Trump rejeitou as descobertas e numa breve declaração emitida na sexta-feira passada referiu que: “Estas são as mesmas pessoas que disseram que Saddam Hussein tinha armas de destruição em massa. A eleição terminou há muito tempo numa das maiores vitórias do Colégio Eleitoral da história. Agora é hora de seguir em frente e ‘Make America Great Again’ “, dizia a declaração. O candidato vencedor referiu que “Eu não acredito que eles tivessem interferido” na eleição, disse a revista Time desta semana. O hacking, disse Donald, “poderia ter sido feito pela Rússia ou pela China ou mesmo por um fulano na sua casa em Nova Jersey “. Este caso tem dados contraditórios, apontando mesmo que a informação é conhecida pela CIA desde há muito, que há evidências de uma real invasão e manipulação de informação por parte dos russos em ambos os lados mas que apenas um lado foi apontado para manifestamente denegrir o candidato. Durante a campanha, os média americanos nunca se organizaram quanto à veracidade sobre o ataque ao servidor da candidata democrata, havendo mesmo informações contraditórias por parte do FBI.

Aceitar

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.
Saltar os links da Barra SAPOSAPO

Todo o SAPO




HOME > CIA CONCLUI QUE TRUMP GANHOU AS ELEIÇÕES COM AJUDA DA RÚSSIA


CIA conclui que Trump ganhou as eleições com ajuda da Rússia

VÍTOR M. · 11 DEZ 2016 · NOTÍCIAS8 COMENTÁRIOS



As eleições nos Estados Unidos foram tudo menos consensuais. Aliás, ainda hoje vemos notícias sobre algumas hipotéticas irregularidades, o processo não foi nem está a ser pacífico.

Como chegámos a referir, há uma corrente de investigadores que acredita que a vitória de Trump se deveu a um trabalho de manipulação de consciência através das redes sociais. Outros sempre referiram que houve mão dos russos nos resultados que fizeram Donald Trump o próximo presidente dos Estados Unidos. A CIA, agora, vem confirmar todas essas suspeitas.



Russos poderão ter “facilitado” 20 mil e-mails ao Wikileaks

Segundo o que pode ser lido no Washington Post, a CIA concluiu que, numa avaliação secreta levada a cabo, a Rússia interveio na eleição de 2016 para ajudar Donald Trump a conquistar a presidência dos Estados Unidos. Para lá do que já havia sido veiculado, sobre a intenção dos russos em descredibilizar o acto eleitoral, estes tiveram mesmo mão nos resultados.

As agências de inteligência identificaram indivíduos com ligações ao governo russo, que forneceram ao WikiLeaks milhares de e-mails “hackeados” do Comité Nacional Democrata. Além destes, outros organismos viram a sua correspondência electrónica assaltada, incluindo o presidente da campanha de Hillary Clinton, segundo as autoridades americanas. Essas autoridades descreveram os indivíduos como actores conhecidos da comunidade de inteligência e parte de uma operação mais ampla da Rússia para aumentar a preponderância de Trump e prejudicar as hipóteses de Clinton.


A avaliação da comunidade de inteligência é que o objectivo da Rússia aqui foi a favor de um candidato sobre o outro, para ajudar Trump a ser eleito. Essa é a visão de consenso.

Refere a autoridade norte-americana.

A administração Obama tem debatido durante meses a forma como responder a estas supostas invasões russas, numa altura em que se agudizam as más relações entre Washington e Moscovo. Mas do outro lado, do candidato vencedor, os argumentos são claros.






Trump descredibiliza quem produziu a informação

Em Setembro, durante uma conferência secreta dos líderes do Congresso, o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell expressou dúvidas quanto à veracidade da informação produzida pela agência de inteligência, de acordo com os funcionários presentes.

A equipa de Trump rejeitou as descobertas e numa breve declaração emitida na sexta-feira passada referiu que: “Estas são as mesmas pessoas que disseram que Saddam Hussein tinha armas de destruição em massa. A eleição terminou há muito tempo numa das maiores vitórias do Colégio Eleitoral da história. Agora é hora de seguir em frente e ‘Make America Great Again’ “, dizia a declaração.

O candidato vencedor referiu que “Eu não acredito que eles tivessem interferido” na eleição, disse a revista Time desta semana. O hacking, disse Donald, “poderia ter sido feito pela Rússia ou pela China ou mesmo por um fulano na sua casa em Nova Jersey “.

Este caso tem dados contraditórios, apontando mesmo que a informação é conhecida pela CIA desde há muito, que há evidências de uma real invasão e manipulação de informação por parte dos russos em ambos os lados mas que apenas um lado foi apontado para manifestamente denegrir o candidato. Durante a campanha, os média americanos nunca se organizaram quanto à veracidade sobre o ataque ao servidor da candidata democrata, havendo mesmo informações contraditórias por parte do FBI.

Afinal o que as pessoas procuram saber é se os 20 mil email nas mãos do WikiLeaks, pese o facto de poderem ou não terem dedo russo, se comprometem os candidatos e a veracidade deste processo eleitoral.





Proponha uma correcção, faça uma sugestão




615



Tags: CIAeleiçõesrússiaTrump


PRÓXIMO ARTIGOE os destaques tecnológicos da semana que passou foram…
ARTIGO ANTERIOR5 Jogos para instalar hoje no seu iPhone e iPad
DESTAQUES PPLWARE

16

Há quantos anos não muda a password do Dropbox? Está na hora!


27 AGO, 2016

8

Modificação genética em doentes com cancro arranca em Agosto


22 JUL, 2016
8 RESPOSTAS
Comentários8
Pingbacks0

Tomas
11 de Dezembro de 2016 às 21:17

http://www.wnd.com/
http://www.midiasemmascara.org/
https://www.youtube.com/watch?v=avbIhMi9OWg
Responder
AJCS
11 de Dezembro de 2016 às 21:54

O sistema eleitoral americano é uma trampa. E os serviços secretos outra ainda pior!
Responder
V3lh0D0R35t3l0
11 de Dezembro de 2016 às 22:06

Lol :D… prepara-te….
Responder
jone
11 de Dezembro de 2016 às 23:03

Independentemente de se acreditar mais na Clinton ou no Trump (nenhum é o melhor), é um pouco suspeito o facto dos emails vir à baila a 1 semana das eleições.
Nós por cá também temos algo parecido. Próximo às eleições é que aparecem os escândalos. Não digo que seja mentira (aliás peca por saírem poucas dessas verdades). O problema está no tempo.
Responder
Bruh
11 de Dezembro de 2016 às 23:08

A própria Hillary só ganhou dentro do partido dela porque o próprio partido andou a fazer campanha contra os adversários dela, através da manipulação dos media, portantos, é tudo farinha do mesmo saco.
Responder
SEE.Y.A.
11 de Dezembro de 2016 às 23:40

a cia já encontrou as armas de destruiçao massiça no iraque???
Responder
badsector
12 de Dezembro de 2016 às 00:20

Massiça nem na Rússia…
Responder
Lars
12 de Dezembro de 2016 às 00:00

Se Putin (“ex”KGB) quisesse ajudar o adversário de Trump, teria divulgado um suposto apoio á Trump.
Se quisesse ilegítima-lo na frente da população USA, ele divulgava que foi ajudado pelo russos na sua eleição.
P.s.: os russos levam muito a sério a DESINFORMAÇÃO.
Responder

DEIXAR UMA RESPOSTA

Comentário

Nome *

Email *



Notifique-me de comentários seguintes por e-mail.


Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.


BLOGS DO ANO


PARCEIROS EM DESTAQUE










ÚLTIMAS ANÁLISES PPLWARE
Dishonored 2
9
Gamevice para iPhone
8.2
Andoer 4K
8.7
Cubot Max
7.4

NEWSLETTER PPLWARE


SONDAGENS

Que gadgets estão a pensar comprar neste Natal?

Outros
Óculos VR
Consola de Videojogos
Câmara de Acção
Powerbank
Raspberry PI
SmartTV
Máquina Fotográfica
Drone
Smartwatch
PC
Tablet
Smartphone


Arquivo

PARCEIROS







PPLWARE KIDS
Porque será que “todos” os mapas do mundo estão errados?10 DE DEZEMBRO DE 2016
Surface Pro 4 vai mostrar Portugal de uma nova perspectiva9 DE DEZEMBRO DE 2016
Navegue quase por todo o mundo com WiFi à borla7 DE DEZEMBRO DE 2016
Cientistas russos afirmam estar próximos da cura da cegueira5 DE DEZEMBRO DE 2016
Encontrado número primo com mais de 9,3 milhões de dígitos3 DE DEZEMBRO DE 2016

PPLWARE TV


Windows 10 Running on a Qualcomm Snapdragon Processor

Vulnerabilidade AirDroid

MOBA 5V5 Clássico

ÚLTIMAS DO FÓRUM :
Imagem Ghost em virtualbox10 DE DEZEMBRO DE 2016
Conexão SQL DEVELOPER9 DE DEZEMBRO DE 2016
Ajuda em Inquérito de Tese de Mestrado7 DE DEZEMBRO DE 2016
Guardar dados de uma aplicação7 DE DEZEMBRO DE 2016
Ligar 2 switch de 48 portas7 DE DEZEMBRO DE 2016

CATEGORIASCategorias

ARQUIVOArquivo





INSTITUCIONAL

Sobre nós
Contacto
Press Kit
A Equipa
Regras de Utilização
Privacidade
Política de Cookies

CANAIS PPLWARE

Fórum Pplware
Usados Pplware
Pplware Kids
Empresas Hoje
PiPplware
Newsletter
Grupos Facebook

UTILIDADES

Análises
Android
iPhone
Questionários
Windows Phone
Pack Raspberry Pi Pplware

RUBRICAS

Porque hoje é sexta
Pplware Classics…
Consultório
Passatempos
Sondagens
Apps dos nossos leitores

MENU

Notícias
Apple
Linux
Análises
Google/YouTube
Windows



© Copyright Pplware.com 2005-2016. Todos os direitos reservados.

E-MAIL MARKETING CERTIFIED BY:











f