sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Não, Charlie Sheen, você não falava com nenhuma Divindade, apenas sacaneava bilhões de seres humanos. Se nossa sociedade ocidental tivesse um mínimo de consciência prática aquela seria sua última frase famosa.


Uai Entretenimento

Charlie Sheen pede que Donald Trump seja o próximo a morrer
Após as mortes de Carrie Fisher e Debbie Reynolds, o ator publica "oração" para que o presidente eleito dos EUA seja a próxima vítima de 2016
Estado de Minas29/12/2016 16:26 - Atualizado em 29/12/2016 17:26



O ator já se envolveu em outras polêmicas após tornar público que é HIV positivo e por confusões com familiares - Foto: FRED PROUSERCharlie Sheen voltou a ser o centro das atenções na tarde desta quinta-feira, 29. Bastante abalado com a morte das atrizes Carrie Fisher e Debbie Reynolds, o ator utilizou a sua conta no Twitter para fazer um apelo polêmico.



Sheen pede a Deus, em forma de oração, que leve embora da Terra o recém-eleito presidente americano, Donald Trump: "Querido Deus, que o próximo seja Trump, por favor", escreveu o ator, repetidas vezes, na mensagem, que ainda inclui o emoji de uma mão com o dedo do meio levantado.



Pouco tempo depois, a publicação se tornou polêmica e atingiu mais de 25 mil retweets e 46 mil curtidas. Mas muitos também questionaram a atitude de Sheen. Entre eles o repórter da CNN Jake Tapper, que indagou: "O que há de errado com as pessoas? Apenas pare. Não é bonito e engraçado", escreveu, também nas redes sociais.





leia maisCorrespondente da Globo faz piada ao vivo com morte de Carrie Fisher; assistaJorge Pontual pede desculpas por piada sobre a morte de Carrie FisherPor sua vez, Charlie comentou a reação ao seu post: "A reação dos meios de comunicação ao tweet da noite passada está sendo emblemática do nervosismo panorâmico, despejado vasta e arbitrariamente em toda e qualquer expressão de esperança ou alegria que ousamos agora publicar ou transmitir. Oh, e a propósito, eu estava falando com Deus, não com você".













Uai Entretenimento