sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

PARABÉNS DONALD TRUMP, EGITO, NETANYAHU, AMERICANOS, ISRAELENSES E CIDADÃOS DO MUNDO LIVRE. ESSA É A NATUREZA DE LIDERANÇA QUE PREZA A DIGNIDADE DA VIDA HUMANA.




Home
A+AA-

Trump força suspensão de votação da resolução contra colonatos de Israel
Escrito por Agência Lusa / Expresso das Ilhas
Imprimir
E-mail
Sê o primeiro a comentar




O Egipto informou hoje que aceitou adiar a votação na ONU da resolução contra os colonatos de Israel em territórios palestinianos ocupados e Jerusalém-leste após um telefonema entre o Presidente eleito norte-americano e o Presidente egípcio.

“A chamada telefónica abordou o texto de resolução submetido ao Conselho de Segurança das Nações Unidas [pelo Egipto] sobre os colonatos israelitas”, refere um comunicado da presidência egípcia sobre a conversa entre Donald Trump e Abdel Fattah al-Sissi.

“Os dois líderes concordaram sobre a importância de dar à nova Administração norte-americana a oportunidade de lidar com todos os aspectos da causa palestiniana para alcançar um acordo abrangente”, disse.

Previamente, na quinta-feira, e num apelo pouco, comum Donald Trump tinha pedido um veto norte-americano a este projecto de resolução.

“Como os Estados Unidos afirmam há muito tempo, a paz entre israelitas e palestinianos apenas pode surgir de conversações directas entre as partes e não através das condições impostas pelas Nações Unidas”, declarou em comunicado o futuro chefe da Casa Branca, numa tomada de posição rara no país para um Presidente norte-americano eleito que ainda não assumiu funções.

“Israel ficaria colocado numa posição negocial muito má e é extremamente injusto para todos os israelitas”, afirma Donald Trump, citado no comunicado.

“É necessário impor um veto à resolução analisada no Conselho de Segurança das Nações Unidas”, acrescentou.

Em 2011, uma resolução semelhante ficou comprometida pelo veto dos Estados Unidos e é muito incerta a probabilidade de sucesso da proposta egípcia.

Mas a eventualidade de a cessante administração do Presidente Barack Obama permitir a aprovação de semelhante resolução originou numerosas especulações na ONU.

As Nações Unidas consideram esta colonização ilegal na perspectiva do direito internacional e apelaram por diversas vezes a Israel para pôr termo à construção de colonatos. No entanto, os responsáveis da ONU confirmaram um aumento das construções em territórios palestinianos nos últimos meses.

O projecto de resolução exorta o Estado hebraico a “terminar de imediato e completamente toda a actividade de colonização em território palestiniano ocupado, incluindo Jerusalém-leste”.
sexta, 23 dezembro 2016 09:50

Publicado em Mundo

Artigos relacionados
Mais de metade das brasileiras não quer ter filhos para já devido ao Zika
Presidente da Guiné-Bissau garante que novo Governo dura até 2018
Últimos civis serão retirados de Alepo nas próximas horas
Pelo menos 17 mortos em confrontos na República Democrática do Congo


aaaaa



Início
Política

«Ensino do português como língua segunda não mexe com C…

Autoridades nacionais condenam ataque em Berlim

Primeiro-Ministro anuncia saúde e educação gratuitas pa…


Governo aprova reforma antecipada para ex-trabalhadores…

O Governo aprovou esta quinta-feira, em conselho de ministro...
Economia


Binter CV procura investidores cabo-verdianos

Comércio entre a China e países de língua portuguesa ca…

Victor Fidalgo: “A qualidade não se declara, constrói-s…


Agência de investimento de Portugal abre novas delegaçõ…

A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal...
Sociedade


Presidente do SIPROFIS quer maior envolvimento das mulh…

Leis de equidade e igualdade de género «aquém das expec…

Fábrica de queijo de Porto Novo faz chegar primeiros pr…


Guerra no sindicato de professores. Oposição acusa pres…

O Movimento Nacional de Renovação do Sindicato Nacional de P...
Mundo


Mais de metade das brasileiras não quer ter filhos para…

Presidente da Guiné-Bissau garante que novo Governo dur…

Últimos civis serão retirados de Alepo nas próximas hor…


Trump força suspensão de votação da resolução contra co…

O Egipto informou hoje que aceitou adiar a votação na ONU da...
Cultura


Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas junta-…

«Blimundo» em palco pela terceira vez este ano

Irmãos Simas ao vivo na Praia


Mano a Mano: Da intimidade para o palco

De um sonho nasceu o projecto. Da admiração mútua nasceu a c...
Exclusivo
Desporto
Eitec
Opinião

Presidenciais 2016
Autárquicas 2016
Legislativas 2016
Edição Impressa
Lifestyle
Verao.cv
Blog emCima

http://www.expressodasilhas.sapo.cv/mundo/item/51416-trump-forca-suspensao-de-votacao-da-resolucao-contra-colonatos-de-israel