segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Israel, por sua vez, instalou recentemente o mais poderoso sistema antimísseis do mundo, apelidado de Star Wars. O Arrow 3, co-produzido com a Boeing, pode abater inclusive mísseis vindos do espaço. Com informações de Times of Israel








Irã ameaça Trump e diz que destrói Israel em 7 minutos
JARBAS ARAGÃO

6 HORAS ATRÁS

Um alto oficial do governo iraniano advertiu nesta final de semana que Teerã pode retaliar contra Israel, se os EUA lançaram um ataque militar contra o Irã.


Mojtaba Zonour, membro da Comissão de Segurança Nacional e Política Externa do Irã, além de ex-oficial da Guarda Revolucionária Islâmica, contou que já existem mísseis iranianos prontos para atingir Tel Aviv em menos de sete minutos.

Como Jerusalém é considerada sagrada no Islã, os muçulmanos visariam a cidade costeira israelense e a base militar dos EUA no Bahrein “se o inimigo cometer um erro”. “Apenas sete minutos são necessários para que nossos mísseis atinjam Israel”, ressaltou.

Os comentários de Zonour foram feitos durante um exercício militar da Guarda Revolucionária destinado a mostrar seus novos sistemas de mísseis e radares na província de Semnan, norte do Irã.


Os exercícios militares aconteceram um dia depois que o presidente dos EUA, Donald Trump, impôs sanções ao Irã em resposta a um recente teste com mísseis. As sanções atingem dezenas de pessoas e empresas.

No sábado, outro alto funcionário do exército iraniano ameaçou os EUA. O general Amir Ali Hajizadeh, chefe da divisão de espaço aéreo, disse que as críticas de Washington aos recentes testes com mísseis iranianos eram “um pretexto para mostrar sua animosidade em relação a nós”. Enfatizou ainda que “fazemos esforços 24 horas por dia para defender a segurança do nosso país e se o inimigo cometer qualquer erro, nossos mísseis choverão sobre eles. ”

O Irã testou no domingo passado um míssil de médio alcance que, segundo a Casa Branca, violou uma resolução do Conselho de Segurança da ONU proibindo mísseis que poderiam transportar um dispositivo nuclear.

A República Islâmica vem fazendo testes com mísseis balísticos e recentemente comprou urânio o suficiente para construir 10 bombas atômicas. Mesmo assim, nega que esteja violando o acordo nuclear de 2015 feito com as potências mundiais e as resoluções da ONU.

Israel, por sua vez, instalou recentemente o mais poderoso sistema antimísseis do mundo, apelidado de Star Wars. O Arrow 3, co-produzido com a Boeing, pode abater inclusive mísseis vindos do espaço. Com informações de Times of Israel