domingo, 30 de abril de 2017

Quando há 69 anos Israel declarou a sua independência, a população contava apenas 806.000 pessoas, menos de 10% da actual. Naquela altura, a população judaica global era de 11,5 milhões, e só 6% viviam em Israel. Calcula-se que a população actual de judeus no mundo inteiro seja de 14,4 milhões, com 43% vivendo já no estado judaico. Os 6.484.000 judeus que vivem em Israel constituem 74,4% de todos os residentes. 1,8 milhões de árabes representam 20,8%, sendo que 4,4% da população - 388.000 - é composta de cristãos não árabes e outros grupos étnicos. 75% da população judaica que vive actualmente em Israel nasceu na Terra, com mais de metade constituindo já uma segunda geração dos nascidos no país. 44% dos judeus que vivem em Israel considera-se secular. 24% afirmam-se tradicionais mas não muito religiosos, 12& religiosos tradicionais, 11% religiosos praticantes, e 9% ultra-ortodoxos. Jerusalém, a capital do país, continua sendo a maior cidade em termos populacionais, com 865.700 habitantes.


Qualquer Coisa Pá Música
Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há um dia
*Islão - O que o Ocidente Precisa Saber*

43% DE TODA A POPULAÇÃO JUDAICA MUNDIAL JÁ VIVE EM ISRAEL
ShalomemSHALOM ISRAEL - Há um dia

Ao completar o seu 69º aniversário como estado moderno, a população israelita atingiu 8.680.000 habitantes, um aumento de 1,9% em comparação ao ano passado, com o nascimento de 174.000 pessoas. Durante estes últimos 12 meses Israel viu o nascimento de 174.000 bébés, a morte de 44.000 pessoas e a entrada no país de 30.000 novos imigrantes. Com este crescimento médio anual de 1,9%, calcula-se que para o ano 2.048 - quando celebrar os 100 anos - a população atingirá 15,2 milhões de pessoas. Quando há 69 anos Israel declarou a sua independência, a população contava apenas 806.000 pessoas... mais »

Viktor Órban salva CRISTÃOS: daí tanto ÓDIO
Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 2 dias

*Uma das explicações para o ódio insano a Donald Trump, por parte dos que jamais vimos protestarem contra os terroristas islâmicos (pelo contrário!!!), radica nos mesmos motivos:* *(Ó minha senhora, a gente já sabe! Vá para o Irão mais a Ana Bolinha e a Ritinha Ferro, o Abade Louçã e a Marisa Matias, todos de burqa, e não chateie, bolas!).* *Trump salva CRISTÃOS: daí tanto ÓDIO* *Israel é o único país do Médio Oriente onde os cristãos estão em segurança, e Trump é a grande esperança dos cristãos da região.* *O lóbi esquerdista, islamista e globalista está interessadíssimo n... mais »

ISRAEL INVESTE 27 MILHÕES DE DÓLARES NA RECUPERAÇÃO ARQUEOLÓGICA DE CESARÉIA MARÍTIMA
ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 2 dias

Esperando triplicar o número de turistas, arqueólogos israelitas iniciaram um projecto de 27 milhões de dólares visando a recuperação daquilo que foi um antigo templo romano na cidade marítima de Cesaréia Marítima, mencionada diversas vezes no Novo Testamento e capital nos dias do império romano. As escavações incluem também as ruínas de uma antiga sinagoga e uma grande quantidade de artefactos. Um pequeno exército de arqueólogos começou a limpeza dos escombros e ruínas da antiga Cesaréia Marítima, escavando as ruínas datando de há mais de 2 mil anos. *UMA VIBRANTE METRÓPOLE ROMANA... mais »

DONALD TRUMP VISITA ISRAEL EM MAIO, A SUA PRIMEIRA VISITA OFICIAL COMO PRESIDENTE NORTE-AMERICANO
ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 3 dias

Representantes dos governos de Jerusalém e de Washington irão reunir-se amanhã para acertarem os pormenores da primeira visita oficial do presidente norte-americano a Israel, prevista para finais do próximo mês de Maio. Segundo consta, o presidente norte-americano poderá visitar Jerusalém durante as celebrações da reunificação da Cidade capital eterna de Israel, que ocorrerão na noite de 23 de Maio e no dia seguinte. A Casa Branca tem demonstrado um grande interesse em que Donald Trump possa visitar Israel, a sua primeira visita como presidente. Durante a sua visita oficial a Washing... mais »

PROJECÇÃO ISLÂMICA: Porque é que os muçulmanos odeiam infiéis
Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 4 dias

*Acusando os não-muçulmanos de fazerem aos muçulmanos o que o Islão ordena que os muçulmanos façam aos outros.* *Um facto pouco conhecido: quando os muçulmanos perseguem as minorias religiosas, muitas vezes justificam essa perseguição projectando os piores aspectos do Islão sobre os "infiéis". Um fenómeno bem conhecido, a "projeção" é definido como "a atribuição das suas próprias ideias, sentimentos ou atitudes a outras pessoas". Um artigo académico afirma: "A projecção permite que o assassino projecte o seu (inaceitável) desejo de matar (torturar, estuprar, roubar, dominar, etc.... mais »

TRUMP COMPROMETE-SE EM "CONFRONTAR O ANTI-SEMITISMO"
ShalomemSHALOM ISRAEL - Há 4 dias

O presidente norte-americano Donald Trump comemorou o *"Dia da Lembrança do Holocausto" *com um discurso proferido no *Museu Memorial do Holocausto dos Estados Unidos.* No seu discurso, Trump condenou os que negam o Holocausto e comprometeu-se em confrontar o anti-semitismo. Esta visita realizada ontem pelo presidente norte-americano fez parte do programa de inauguração de uma nova secção do Museu - um centro de investigação e conservação - que acolherá uma vasta colecção de peças doadas por aqueles que sobreviveram ao massacre dos judeus às mãos de Hitler durante a 2ª Guerra Mundia... mais »

'Quatro milhões de judeus poderiam ter sido salvos', afirma Netanyahu em Yom Hashoah
Oliveira da FigueiraemAmigo de Israel - Há 5 dias

*"Se os poderes em 1942 tivessem agido ..., poderiam ter salvo 4 milhões de judeus e milhões de outras pessoas", afirmou Netanyahu na cerimónia oficial do Dia do Memorial do Holocausto no Yad Vashem.* No seu discurso no domingo à noite na cerimónia oficial de Estado que marcou o início do *Dia do Memorial do Holocausto* no *Museu do Holocausto/Yad Vashem*, o primeiro-ministro *Benjamin Netanyahu* denunciou a inacção dos Aliados durante o Holocausto e o seu fracasso em salvar os judeus. Referindo-se a documentos da *ONU* recentemente divulgados mostrando que os Aliados compreender... mais »