sexta-feira, 4 de agosto de 2017

"Cabo Verde anunciou que deixará de votar contra Israel nas Nações Unidas. Esta decisão resulta do meu recente encontro com o presidente de Cabo Verde", lê-se na conta do Twitter do primeiro-ministro de Israel.


http://www.asemana.publ.cv/?Presidente-garante-a-Israel-total-apoio-de-Cabo-Verde-na-ONU&ak=1


Presidente Jorge Fonseca garante a Israel total apoio de Cabo Verde na ONU04 Agosto 2017

Num tweet desta quarta-feira 2, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, dá conta de que Cabo Verde deixará de votar contra Israel nas Nações Unidas. Esta decisão da cidade da Praia constitui uma reviravolta na política externa moderada pela qual Cabo Verde se tem pautado, já que a política expansionista levada a cabo por Netanyahu em território palestino tem sido muito criticada e objeto de sanções por parte das Nações Unidas.

Presidente Jorge Fonseca garante a Israel total apoio de Cabo Verde na ONU
"Cabo Verde anunciou que deixará de votar contra Israel nas Nações Unidas. Esta decisão resulta do meu recente encontro com o presidente de Cabo Verde", lê-se na conta do Twitter do primeiro-ministro de Israel.
Este encontro parece só ter publicitado na rede social de Benjamin Netanyahu. Nem nas redes sociais da presidência nem do governo, há qualquer menção a esta visita nem tão-pouco à decisão.
Israel e política de expansão de colonatos na Palestina, na contramão das Nações Unidas
Entretanto, para diplomatas, esta recente decisão constitui, sem dúvida, uma reviravolta na política externa moderada pela qual Cabo Verde se tem pautado.E que, segundo alertam, a política expansionista levada a cabo por Netanyahu em território palestino, contra o direito internacional, tem sido muito criticada e objeto de sanções por parte das Nações Unidas.
Fonte: Twitter do PM de Israel