domingo, 8 de abril de 2018

“Saúdo os soldados da IDF, que estão nos protegendo o tempo todo. Eles também nos protegem daqueles que fingem falar de direitos humanos, enquanto segurando uma bandeira nazista. Isso desnuda a verdade diante de todos. Eles falam sobre os direitos humanos, mas na verdade eles querem acabar com o Estado judeu. Não vamos ceder, ficaremos firmes. Vamos manter nossa terra, continuaremos a construí-la, unindo todas as tribos de Israel e todos os cidadãos de Israel. Acreditamos em nosso povo, acreditamos em nosso caminho”


https://noticias.gospelprime.com.br/netanyahu-denuncia-palestinos-falam-de-direitos-humanos-e-usam-bandeira-nazista/



notícias
colunas
música
cursos


7/04/2018 - 17:03
Netanyahu denuncia palestinos: “Falam de direitos humanos e usam bandeira nazista”
Primeiro-ministro expõe discurso duplo da AP: "querem destruir Israel"


por Jarbas Aragão

Netanyahu denuncia palestinos por usarem bandeira nazista

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, fez uma séria denúncia neste sábado (7). Comentando que os protestos na fonteira da Faixa de Gaza não foram “pacíficos” como alega a Autoridade Palestina (AP).

O premiê disse não ter dúvidas que os palestinos continuam com seu desejo de “destruir Israel” e isso ficou evidenciado ontem quando uma bandeira nazista foi usada ao lado da bandeira dos Territórios Palestinos.

Os tumultos desta sexta-feira deixaram nove mortos. Alguns organismos internacionais como a ONU e a União Europeia condenaram o “uso de força” por parte dos israelenses. Contudo, as Forças de Defesa de Israel (IDF) revelaram várias filmagens de membros do grupo terrorista Hamas, que promoveu as manifestações, tentando colocar artefatos explosivos na cerca que separa Israel de Gaza.


Netanyahu falou sobre o discurso duplo dos palestinos nas redes sociais e também durante um evento público.

“Saúdo os soldados da IDF, que estão nos protegendo o tempo todo. Eles também nos protegem daqueles que fingem falar de direitos humanos, enquanto segurando uma bandeira nazista. Isso desnuda a verdade diante de todos. Eles falam sobre os direitos humanos, mas na verdade eles querem acabar com o Estado judeu. Não vamos ceder, ficaremos firmes. Vamos manter nossa terra, continuaremos a construí-la, unindo todas as tribos de Israel e todos os cidadãos de Israel. Acreditamos em nosso povo, acreditamos em nosso caminho”, afirmou. Com informações de Israel National News