quarta-feira, 9 de maio de 2018

ABENÇOADOS SEJAM DONALD TRUMP E BENJAMIN NETANYAHU POR CONTESTAREM OS PERIGOS QUE O GOVERNO IRANIANO OFERECE A TODOS OS POVOS. 22 NAÇÕES BEM INFORMADAS SÃO MELHORES QUE CENTENAS MAL INFORMADAS E DESORIENTADAS


https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018050911177096-israel-ira-arquivos-secretos-programa-nuclear-netanyahu/



Urgente:


Israel revela conteúdo de arquivos sobre programa nuclear de Teerã para 22 países
08:26 09.05.2018(atualizado 08:28 09.05.2018)URL curta
9411


O assessor de Segurança Nacional israelense, Meir Ben-Shabat, informou que nesta terça-feira (8) Israel deu informações a 22 países sobre os assuntos nucleares de Teerã, obtidos supostamente por agentes dos serviços de inteligência Mossad, informou o jornal The Time of Israel.


Na semana passada, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou que os agentes secretos do país roubaram mais de 100 mil documentos e arquivos secretos do Irã provando alegadamente que Teerã estava reforçando seu potencial nuclear clandestinamente.


© REUTERS / JONATHAN ERNST
Israel e países europeus reagem à saída dos EUA do acordo nuclear iranianoDe acordo com a edição, entre os líderes mundiais informados sobre os documentos estão o primeiro-ministro australiano, Malcolm Turnbull, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, a primeira-ministra britânica, Theresa May, o presidente francês, Emmanuel Macron, e a chanceler alemã, Angela Merkel.



Netanyahu assegurou também ter informado o presidente russo, Vladimir Putin, contudo, especificou que gostaria de apresentar os documentos ao líder russo pessoalmente durante o encontro com Putin nesta quarta-feira (9).

Em declarações anteriores, Netanyahu assegurou que Israel não busca uma escalada, mas o país está "pronto para qualquer cenário".

Anteriormente, o primeiro ministro de Israel expressou seu apoio à decisão anunciada nesta terça-feira (8) pelo presidente dos EUA, Donald Trump, de sair do acordo nuclear com o Irã, depois de o ter chamado de "tratado horrível e unilateral" que "não trouxe a paz" e "nunca o fará".

"O povo de Israel e eu apreciamos a determinação de Trump em acabar com o acordo nuclear", reiterou Netanyahu, que considera o Irã a principal ameaça contra Israel e que é um firme opositor ao acordo, qualificando a decisão do presidente norte-americano como "corajosa e correta".




...

Links patrocinados Recomendado Para Você





.




Tema:

Tags:
Padrões da comunidadeDISCUSSÃO
COMENTAR NO FACEBOOKCOMENTAR NA SPUTNIK


NOTÍCIAS




RECOMENDADO






© 2018 Sputnik. Todos os direitos reservados